segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Ainda sobre a sessão de hoje (28 de novembro)

A respeito das provocações de que o atual projeto é uma tentativa de atingir a vereadora Cristiane Bacelar (SOLIDARIEDADE) em sua nomeação para secretaria de saúde, a vereadora respondeu que vota favorável à ele, que o projeto não atinge em nada e que tem toda tranquilidade para assumir o cargo.

Aproveitando-se do momento, a vereadora Lu (PSD) fazendo uso da palavra disse que sua candidatura à prefeitura foi inviabilizada por conta de sua companheira de chapa, que se encontrava inelegível. Fez também menção a uma susposta reunião com um juiz, cujo o nome ela não disse, e que nessa reunião o juiz afirmou que Cristiane era inelegível e portanto não poderia ser candidata a vice.

Cristiane responde a Lú dizendo que é mentira a afirmação dela. Que a renúncia à candidatura delas se deu por conta do não crescimento nas pesquisas.



Comments system