terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Aliança improvável

 Corre nos bastidores políticos, a notícia de que a qualquer momento a Secretaria de Obras será despejada do prédio que ocupa hoje. Ao que parece o pedido de desocupação já foi feito pelo proprietário do prédio e aceito pela prefeitura municipal. Nesse angu tem caroço!


É público e notório que alguns anos atrás a prefeitura entrou na justiça com uma ação de desapropriação daquele prédio, da Secretaria de Obras. Inclusive teve ganho na justiça, onde foi arbitrado um valor de pouco mais de 40 mil reais. Se a prefeitura pediu a desapropriação, e a justiça concedeu, por que agora o prefeito Soliney concorda tal gentilmente em desocupar aquele prédio?

A história fica ainda mais curiosa quando a gente lembra que aquele prédio era, digo era porque a justiça já concedeu aquele espaço para prefeitura, de propriedade da senhora Marcia Bacelar, sim, da ex-prefeita Marcia Bacelar. O mais engraçado, é que segundo fontes próximas ao prefeito eleito, Américo de Sousa, a Marcia Bacelar já tinha procurado saber do a próxima gestão teria interesse em renovar aluguel daquele espaço. Engraçado né!

A história fica ainda mais engraçada, quando pessoas ligadas ao atual prefeito dizem que as máquinas da secretaria de obras serão todas colocadas na frente do ginásio Uiran Sousa. Virou depósito! Só fico me perguntando se o prefeito Soliney está é combinado com a Marcia Bacelar, porque isso tudo está muito estranho!

Agora é aguardar para ver, se a história se confirma. Ao prefeito eleito, digo que ele deve entrar em uma boa academia, porque são tantos os obstáculos e dificuldades que estão sendo impostos para o início da sua gestão, que só um atleta mesmo para superar.

Comments system