quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Alô PROCON

Pelo jeito a população de Coelho Neto tem vocação pra palhaço. Hoje fui ao Banco do Brasil e para minha surpresa à agência se encontrava fechada! Mas não se engane não, não estou falando do atendimento ao público, falo dos caixas eletrônicos. 

Aviso na porta do Banco

Lá na porta da agência, tem um aviso que a partir do dia 19 de dezembro aquela agência não mais funcionária depois das 17:00hrs. Sem falar que sábados, domingos, e feriados seria fechada também! 

É mole? 

Não bastasse essa minha falta de sorte, resolvi então ir em uma certa loja localizada ao lado do banco pagar uma conta. Chego lá, enfrento a fila, não tão grande, e ao chegar minha vez, como não tinha dinheiro em espécie, fui pagar no débito do cartão. 

Quando apresentei o cartão a vendedora disse que tinha um acréscimo de 3% sobre o valor. Quando perguntei por quê, ela simplesmente disse porque sim! Aaaah se aqui tivesse uma agência do PROCON! 

Veja o que diz o PROCON sobre o caso: "A explicação: existe um decreto federal que proíbe a prática de dois preços. Todo estabelecimento comercial é obrigado, exclusivamente, a receber pagamentos em espécie, mas se ele se propõe a vender também em cartão ou em cheque tem que praticar os mesmos preços em todos os casos.

“A compra através de cartão de crédito ou cheque é à vista e o preço tem que ser o mesmo, com desconto ou sem. Perante a lei, o estabelecimento está errado, a cada denúncia, ele pode sofrer uma autuação que vai de R$ 450 a R$ 9 milhões, chegando até a interdição temporária”, explica Roberto Campos, gerente jurídico do Procon". 


É muita palhaçada! 

Comments system