sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O preço da servidão

Parece piada, mas só agora, há menos de 14 dias para findar a atual legislatura, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), resolve punir os vereadores "pula pula" com a perda do mandato por infidelidade partidária. Os que perderam o mandato foram Raimundão (PMDB), Marcio Almeida (PMDB), Reginaldo Jansen (PMDB), e António Pires (PC do B).



Para que não tem os detalhes, o que ocorre é o seguinte. Alguns anos atrás do prefeito Soliney (PMDB), chegou na cidade com um partido nas mãos, o PRTB, tão logo aqui chegou fez com que todos que seguem sua cartilha pulassem para esse partido. Mesmo  sabendo dos risco, ninguém ousou questionar essa mudança. Manda quem pode, obedece quem tem juízo. E lá se foram os vereadores se filiarem ao PRTB.

Depois de algum tempo, Soliney perde espaço no PRTB, descontente, resolve mudar de ares, e lá vai ele para o PMDB. Dai o que é feito, todos são "obrigados" a irem para o PMDB. Vamos alimentar o sonho megalomaníaco do Soliney. Como ovelhas indo para o matadouro, eles fazem sua filiação no PMDB. Tudo em uma obediência cega ao líder.

Assim foram duas mudanças em menos de um ano. Vapt-vupt.

Agora caso curioso é o de António Pires, ele não mudou de partido em obediência a ninguém, mudou porque rompeu com o grupo político do prefeito. Mudou por ideologia, não por subserviência, aliás foi justamente por não ser um vereador subserviente que ele mudou para o PC do B. Pode ter feito fora do prazo permitido por lei, o que é infração. Mas não por servidão.

Agora fica um saldo negativo para o legislativo municipal. Há em tramitação na casa dos edis importantes projetos, tem o plano de carreira cargos e vencimentos da saúde, o projeto de lei que reajusta os salários dos conselheiros tutelares, e tem o orçamento para o ano que vem.

Vai fazer o que, chamar os suplentes de 2012 para discutir essa pauta, sobre a qual a câmara tem se debruçado a quase um mês, retornando assim o trâmite do início? Sem falar no constrangimento de empossar suplentes por 14 dias apenas. Complicado!

Fica o exemplo para o futuro, servidão não leva ninguém a lugar algum!

Correção: "As 14:34hrs esse blogueiro tomou conhecimento integral do Acórdão que levou a perda dos mandato dos vereadores citados na postagem. No acórdão não há referência alguma ao nome do vereador Reginaldo Jansen. Portanto no que tange a ele a postagem pode está equivocada".

Correção 2: "As 15:11hrs obtive de forma oficial a confirmação de o vereador Reginaldo Jansen foi também cassado. Essa decisão foi publicada em outro acórdão".

Comments system