quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Ônibus na rua

Noite passada ao passar na frente do ginásio Uiran Sousa, fiquei observando os ônibus que se encontravam estacionados lá. Para que não recorda, a Secretaria de Educação recebeu ordens para desocupar o espaço que era alugado com a finalidade de guarda-los. Uns ficam guardados e protegidos atrás dos muros do ginásio, outros ficam na rua mesmo, na calçada.




Como dizia, ao observar os ônibus notei que em um deles faltava uma janela, por um motivo qualquer essa janela não estava lá. Logo me pus a pensar a respeito do risco desses ônibus ali no meio da rua durante toda noite. Não é novidade para ninguém que nossa cidade está tomada por bandidos, são diversos os relatos de assalto nos mais variados locais da cidade, mas outra coisa que temos aqui e muito, são vândalos.

Quem não lembra do caso em que levaram a cabeça do Duque Bacelar que ficava na praça, frente à igreja matriz, acho que até hoje não foi colocada de volta, apesar de recuperada. Quem já não reparou as pichações em alguns locais da cidade, os orelhões quebrados, mesmo que hoje não tenham tanta utilidade. Enfim, são diversos os vestígios da existência dos vândalos na cidade.

Hoje os ônibus que fazem o transporte escolar das crianças estão submetidos a ação de vândalos. Alguém pode ir lá e pinchar eles, pode ir lá e riscar um pneu com faca, podem jogar uma pedra no vidro, podem atirar até um foguete na direção daqueles ônibus. Tudo isso apenas por diversão, doentia diga-se de passagem, mas alguém pode achar engraçado ir lá e fazer. Pode até roubar o Combustível que venha tenha nos tanques. São inúmeras as situações, e eu passo ali quase que diariamente e nunca reparei na presença de um vigia ali, sempre olho na direção dos ônibus e não vejo ninguém por perto os vigiando. Atentem que quando passo é entre 22:00hrs e 23:00hrs. Então reflitam no risco que é esses ônibus expostos ali durante toda uma madrugada.

Acho que falta um pouco mais de amor por nossa cidade.

Comments system