segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Presente de natal

Final de ano duro em Coelho Neto, não bastasse a crise política administrava provocada pelo final do governo Soliney (PMDB), temos também notícias ruins partindo do grupo João Santos. Segundo relatos o grupo que já foi o maior gerador de empregos da região, demitiu hoje 70 funcionários que eram vimculados ao grupo através da AGRIMEX. 



Todos na cidade sabem que as empresas do grupo em Coelho Neto vem atravessando uma crise aguda  desde 2006, situação que contribuiu e muito na queda dos indicies enconomicos da cidade, gerou alta do desemprego, levou muitos pais de família a abandonarem a cidade e ainda contribiu com o aumento da violência em Coelho Neto. A situação tende a piorar ainda mais, mesmo funcionando de forma capenga o grupo João Santos ainda é um grande empregador da cidade, e mesmo tendo um curto período de moagem, ainda é capaz de centenas de empregos mesmo que temporariamente, mas com a demissão de 70 funcionários hoje, só vem dar forças aos comentários de que o grupo fechará as portas na cidade até o final do ano de forma permanente. 

A notícia não poderia vim em pior época, com a prefeitura deixando de honrar seus compromissos, e também demitindo de forma massiva, o fechamento do grupo João Santos na cidade trará um natal de terror para a cidade. 

Última hora: "As 16:23hrs recebemos a informação de que foram ao todo 83 demissões hoje, com previsão de mais 90 demissões para o próximo mês. Pacote completo, natal e ano novo". 

Comments system