quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Quem fala é o PROCON

Hoje quem entrou em contato com esse blogueiro, foi o diretor de fiscalização do PROCON/MA Bruno Cruz. Que desejava falar a respeito da postagem que fiz ontem, de título “Alô PROCON”. Onde eu falava da medida absurda tomada pelo Banco do Brasil da cidade, e da cobrança de uma taxa que certa loja exige ao fazermos uso do cartão.

Ricardo Cruz diretor de fiscalização e
Duarte Junior diretor do PROCON/MA
A respeito dessa taxa cobrada pela loja, Ricardo disse que no último dia 26 de dezembro, o presidente Michel Temer, editou uma medida provisória que permite esse tipo de cobrança diferenciada, a depender do método de pagamento escolhido pelo cliente. O que na pratica significa que os valores dos produtos mudarão de acordo com método e pagamento, seja ele a dinheiro, cartão em debito, cartão em credito, cheque ou carnê. Mas ressaltou que o PROCON atuará de forma a exigir que as empresas sejam claras quanto as variações de preço, e informem aos clientes corretamente. Quanto ao Banco do Brasil, Ricardo disse que estaria enviando uma notificação ao banco a respeito de tal de medida, e que entraria novamente em contato quando tivesse algum posicionamento da instituição.

Aplicativo para celular. 
Aproveitando a oportunidade, Ricardo também falou de um aplicativo para celulares que o PROCON/MA disponibilizou ao cidadão maranhenses. Ele explicou que como a instituição não pode estar presente fisicamente em todas a cidades do estado, e que o aplicativo vem a fazer essa aproximação entre o PROCON e a população, através dele o cidadão poderá encaminhar sua denuncia para o órgão

Comments system