sábado, 28 de janeiro de 2017

A viral influência


A viralização de conteúdos como texto, som, vídeo e imagem gira numa velocidade quase que em tempo real e revela a importância que essa nova fronteira tem para o exercício de cidadania e demonstrações de indignações. Isso é um grande ganho para a democracia. 

É cada vez mais comum o uso das mídias digitais para se cobrar transparência do poder público, postura ética de empresas e ir um pouco mais além, criando mobilização de cunho político, econômico, ideológico, solidário e entre outros tipos.


Um bom exemplo disso aconteceu recentemente aqui mesmo em nossa cidade. Um movimento brotado através de blogs e principalmente de interações digitais em redes sociais e grupos de whatsapp, reuniu em pouquíssimo tempo uma manifestação a favor da permanência de um servidor público da polícia civil, que afirma estar sendo transferido de Coelho Neto contra sua vontade. Esse fenômeno é chamado ciberativismo, uma nova fronteira para agregar pessoas a uma causa.

A frente disso, pessoas com acesso a centenas de outras pessoas, bastante influentes, pois possuem o poder da informação na mão. Um critica bem feita ganha engajamento instantaneamente no meio digital numa difusão muito poderosa. Nas próximas eleições uma nova geração de eleitores, que desconhecem o jeito antigo de fazer política e que se baseiam muito mais nas informação e opiniões dos influenciadores digitais do que acordos políticos com A ou B. 

Texto de Elesbão Magalhães, profissional da área de Tecnologia da Informação, que assinará uma coluna semanal em nosso blog sobre Tecnologia.

Comments system