segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Ex-deputado Bacelar fala com o Blog

Na manhã de hoje (30), estive em companhia do ex-Deputado Estadual Antônio Carlos Bacelar Nunes, ou simplesmente Bacelar. Nossa conversa infelizmente foi curta, pois devido a um imprevisto Bacelar teve de ir para uma reunião de trabalho em Teresina.

Conversa com Ex-Deputado Bacelar
Como não podia deixar de ser, comecei questionando sobre o posicionamento político dele, e como ele avaliava esse início do governo Américo de Sousa (PT) em Coelho Neto. Em sua fala Bacelar disse que ainda é cedo para fazer qualquer prognóstico acerca do governo, e lembrou que hoje completa trintas dias que o prefeito sentou na cadeira. Frisou que o momento é de atenção, onde a população e os grupos políticos devem atentamente observar os passos e a direção que que o novo governo vai tomar, para só depois fazer alguma avaliação, e isso requer tempo. 

É necessário aguardar os resultados da decisões tomadas agora. E destacou que apesar de já ter ouvido comentários negativos a respeito desse início de governo, ele tem dito aqueles que procuram sua opinião, que é preciso ter parcimônia. Bacelar também lembrou que esse governo ainda engatinha, que as decisões, e o trabalho feito até agora são consequências da herança maldita deixada pelo ex-prefeito. Ainda demorará para o novo governo caminhar com as próprias pernas, e quando isso acontecer será natural que venham as cobranças, é da democracia. Mas ele não vê que esse seja o momento para isso. 

Quanto ao posicionamento, Bacelar disse que na última eleição ele ocupava um palanque oposto ao do atual prefeito, mas que por escolha do povo não prosperou, mas isso não significa que ele ficará na torcida para que a cidade não prospere, ou que as coisas não deem certo. Coelho Neto merece crescer, deve crescer, não para o proveito político de alguém, mas porque a população merece e precisa. O povo de Coelho Neto tem de voltar a sorrir, e foi pensando nisso que a população escolheu Américo de Sousa como prefeito. Destacou que a decisão do povo é soberana, que ele compreende e respeita. E respeitando, dará tempo para que o novo governo se acomode, organize a casa, e comece a trabalhar. Hoje ele apenas torce para que Coelho Neto volte a crescer, mas o futuro a Deus pertence. 

Hoje a conversa com Bacelar se resumiu a isso, mas não é tudo meus amigos, semana que vem teremos mais, e será onde falaremos sobre os planos para o futuro do Bacelar. Aguardem

Comments system