terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Vereador Luís Ramos desabafa

Quem esteve ontem na sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos, ouviu um desabafo emocionado do vereador Luís Ramos (PSD), que pela primeira vez se manifestou publicamente a respeito do infeliz incidente envolvendo seu filho.

Vereador Luis Ramos (PSD)
No começo o vereador falou sobre sua origem humilde, onde desde de cedo aprendeu a respeitar a todos, e que como filho de Coelho Neto sempre lutou, e ofereceu seu melhor a cidade. Falou que na política não considera ter inimigos, mas adversários. Mas passado o momento eleitoral todos devem se despir do espirito de disputa, e trabalhar pelo bem da cidade.  

Logo depois, já com uma fala carregada de emoção, onde alguma vezes era possível notar lagrimas nos olhos do edil, Luís Ramos falou do momento complexo, e delicado que vem atravessando em casa. Falou a respeito da cerimônia de posse, onde não pode estar presente, pois de véspera seu filho foi atingido não só por uma bala, mas também pela falta de políticas públicas que visem combater o crescimento da violência e criminalidade.  E em um momento carregado pela emoção, Luís Ramos disse que não desejava isso a nenhum inimigo, pois nunca imaginou que tivesse um, em Coelho Neto.

Luis Ramos (PSD) entrega homenagem ao ex-presidente da Casa Zé Caldas
Luís Ramos também descreveu a angustia, e a grande dor que tem sentido nesse momento onde a população está desprotegida, e que ele próprio em toda sua vida nunca se sentiu tão desamparado. Relembrou uma vista que fez certa vez a São Luís, junto com outros vereadores, onde foram muito mal recebidos por Secretário de Segurança do Estado na época. Destacou que no campo da Segurança o nosso município está esquecido, que precisa haver um trabalho de prevenção para que não seja preciso remendos. Que não é justo crianças de 15 anos serem baleadas na porta da casa de seus avós.

Luís Ramos ainda invocou a população a dar mãos, onde todos precisam se unir e somar forçar, que a polícia só age quando chamada, e a justiça quando provocada. Que hoje era ele a passar por esse problema, mas amanhã poderia ser algum dos presentes na casa legislativa. Ressaltou que é um dever de todos contribuir para que a justiça seja feita, colaborar com a segurança da cidade.  E com a voz embarcada pela emoção, disse que essa era uma luta difícil.

Mais uma vez pediu o esquecimento das diferenças políticas, pediu a união de todos em torno desse problema, e falou que não gostaria de ouvi de um outro pai de família, uma tragédia como a que ele estava vivendo.

Já no final Luís Ramos agradeceu a todos pelas orações, mensagens de carinho, de apoio e força. Fez um agradecimento em especial ao vereador dr. Ricardo (PPS), que segundo ele abriu a primeira porta no atendimento ao seu filho, agradeceu também ao prefeito Américo de Sousa, que me parceria com o deputado Rafael Leitoa possibilitou que seu filho tivesse um atendimento melhor de qualidade. E acima de tudo agradeceu a Deus pelo milagre de ter seu filho em casa hoje.

Filho do Vereador Luis Ramos (PSD) vitima de tentativa de assalto
Não houve uma pessoa sequer na planteia que não se sentisse sensibilizado pelas palavras do vereador, muitas vezes teve a fala interrompida em meio a aplausos e reverencias. E a verdade é que apenas um milagre de Deus pode salvar o filho do vereador, que saiu da cidade com poucas esperanças, agora retornou com vida.

Então aproveito do momento, e desse dia tão simbólico para mim para renovar meus votos de melhora ao filho do vereador, que Deus possa abençoar o rapaz bem como toda a família de Luís Ramos.



Comments system