terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Vereadores pedem desapropriação do Ivan Ruy

Em 1969, o então prefeito Afonso Bacelar concluía, e entregava a população coelhonetense o Hospital Coronel Ivan Ruy, junto com o Hospital o então prefeito criou a Fundação de Saúde que deveria ser a responsável por mante-lo funcionando, e servindo a população.

Informação sobre a criação da Fundação de Saúde

Com uma estrutura moderníssima para época, aquela casa de saúde seria por muito anos o referencial da saúde na região, socorrendo enfermos não só de Coelho Neto, como também de Duque Bacelar, Afonso Cunha e até Buriti. Com o passar do tempo, o Hospital virou alvo de uma longa disputa política, onde independente de quem ganhasse, o prejuízo era da população, que em meio a confusão perdeu o único hospital até então público da cidade.  

Mas na noite de ontem (30), o que pode ser capitulo final da novela envolvendo o Hospital Ivan Ruy, começou a ser escrito. Em sessão da Câmara de Vereadores, o edis apresentaram indicação coletiva solicitando do executivo municipal, a desapropriação do Hospital Ivan Ruy.

Prefeito Américo de Sousa (PT) e vereadores em visita ao Hospital Ivan Ruy dia 17/01
Coube ao presidente da casa, vereador Osmar Aguiar (PT), justificar a necessidade, e explicar a importância da indicação para a cidade. Em sua fala o vereador frisou a indispensabilidade do município dispor de um hospital próprio, pois hoje só com aluguel da Maternidade é gasto por mês em torno de R$ 15 mil reais, que poderia muito bem ser aplicado em outras necessidades da saúde, tais como medicamentos ou insumos para os postos de saúde. 

Prefeito Américo de Sousa (PT), deputado estadual Rafael Leito (PDT) e deputado federal Zé Carlos (PT)
representado por seu assessor Henrique Sousa, apresentam ao governador Flavio Dino (PC do B) demandas de Coelho Neto. 
Destacou também que há um compromisso por parte do governador Flavio Dino (PC do B), em colaborar ativamente para que esse Hospital volte a funcionar como casa de saúde pública, para isso o Governo Estadual irá contribuir para que ele seja completamente reformado, e equipado com recursos do estado. O governador tem interesse em participar do processo, porque esse é um beneficio não só para a população coelhonetense, a cidade dispor de um hospital próprio e bem equipado, beneficiará também as cidade circunvizinhas, até porque Coelho Neto é considerada uma cidade regional, com uma saúde de média complexidade, que na pratica significa dizer que a cidade deve atender também a população das cidades vizinhas. É um beneficio regional.  

Prefeito Américo de Sousa (PT), discute com vereadores
sobre desapropriação de terreno para ampliação do Hospital Ivan Ruy 
Osmar ainda falou que a desapropriação abrangerá a área em torno do Hospital, visando não só a reforma, como também a ampliação, concentrando em um só lugar os serviços saúde da cidade, tais como SAMU e Centro de Imagem, e criando também uma outra entrada para a casa de saúde. 

Parte dos vereadores que assinaram a indicação de desapropriação do Hospital Ivan Ruy.
Pedindo uma parte, diversos vereadores usaram da palavra para ressaltar a necessidade que a cidade tem de dispor de um Hospital próprio, a economia que isso gerará aos cofres municipais, e os benéficos que isso trará para a cidade. Outro ponto levantado também pelo vereadores, é que o processo de desapropriação seja conduzido da forma mais amistosa possível, e transparente.

Agora com a indicação feita pelos vereadores, as atenções se voltam para o executivo municipal que nos próximos dias deverá se posicionar quanto ao pedido dos vereadores.  

Comments system