segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Políticas para o homem do campo em discussão

Maria José coordenou curso do Formação do MST
No último domingo (05), o Movimento dos Sem Terras (MST), sob coordenação da Maria José, promoveu um curso de Formação da Brigada de Organacidades, que tem como objetivo de fomentar o processo de formação, analisar a conjuntura das políticas agrárias, e avaliar os desafios organizativos apresentados a agricultura familiar. 

Curso promovido pelo MST 
O curso foi realizado no Povoado Vila de Fátima, e envolveu os assentamentos e acampamentos dos municípios de Coelho Neto, Duque Bacelar, Buriti, e Nina Rodrigues. Várias foram as questões discutidas com os assentados, dentre elas a Reforma da Previdência Social, que é vista pelo com desconfiança pelos movimentos sociais organizados; o MATOPIBA também foi alvo de debate, considerado a última fronteira agrícola do País, abrange os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, que visa a a monocultura da soja em detrimento da agricultura familiar; e o projeto de municipalização da reforma agrária.

Estiveram presentes o futuro Secretário de Agricultura de Coelho Neto Albertino Veríssimo, Elias e Gilvan representantes do MST, o engenheiro agrônomo Edvaldo Aguiar, o técnico Agrícola João Batista, e o administrador Carlos Eduardo. 

Comments system