sábado, 11 de fevereiro de 2017

Vigilância Sanitária inspeciona clubes da cidade

Vigilância Sanitária inspeciona piscina na AABB
Na tarde de ontem (11), a equipe da Vigilância Sanitária Municipal esteve inspecionando os Clubes Jaguar e AABB. A inspeção é fruto da denúncia de populares que reclamam das piscinas, que apesar de desativadas, estão com água parada. O que torna o local propício para a procriação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor do vírus da dengue, zika, e febre amarela. 


Em conversa com o coordenador da Vigilância Sanitária Ronaybi César, ele descreveu a situação dos clubes como de total abandono, no tocante à piscinas, a palavra que usou foi alarmante. O volume de água é grande, possibilitando a criação de milhões de larva do mosquito Aedes Aegypti, o que torna aqueles Clubes um grande criadouro do mosquito na cidade. A situação da AABB é ainda mais preocupante, pois como há festas naquele clube, o local termina servido como um grande propagador dos vírus da Dengue e Chikungunya. 


Ronaybi disse que estará notificando de forma imediata os responsáveis pelos clubes a tomarem providências urgentes no sentido de resolver a situação. Destacou que o caso está sendo tratado com prioridade pela Secretaria Municipal de Saúde devido à gravidade do problema. 


O blog tentou contato com os administradores dos Clubes. Falando pelo Jaguar, Jademil Gedeon disse que semanalmente a água das piscinas recebem larvicidas, visando o combate ao desenvolvimento da larva do mosquito da dengue. Além do larvicida há também uma população de anfíbios, que ajudam no controle da população de mosquitos, uma vez que são predadores naturais do Aedes Aegypti. 

Quanto a AABB o blog não conseguiu contato com nenhum dos responsáveis pelo clube. 

Comments system