sexta-feira, 10 de março de 2017

Justiça: Com mal atendimento bancos serão acionados na justiça

Em Chapadinha a revolta com o péssimo serviço oferecido pelo Banco do Brasil é tanta que a população está se organizando para ir buscar na justiça que seus direitos sejam respeitados.


Populares reclamam das filas enormes no atendimento, são horas de esperas; e principalmente dos caixas eletrônicos que constantemente estão sem dinheiro, principalmente nos fins de semana. 

Banco do Brasil em Chapadinha tem causado transtorno à população
Essa situação não é exclusividade de Chapadinha, em Coelho Neto a população sofre com o verdadeiros desserviço quer tem sido oferecido não só pelo Banco do Brasil como também do Bradesco. 


O Bradesco conta na cidade com uma estrutura mínima, que não atende de forma satisfatória a população, principalmente aqueles que precisa de atendimento no Caixa, ou nas mesas com gerente, e atendentes. Os Caxias eletrônicos com frequência apresentam problemas nos leitores Biométricos, e constaremos estão fora do ar. Para complicar as unidades de caixa eletrônico que deveria funcionar na prefeitura está isolada, pois uma falha elétrica está provocando choques tanto na grade de ferro que serve para trancar a sala dos caixas, quanto no corrimão de acessibilidade. 


No Banco do Brasil de Coelho Neto a situação é a pior possível. Não bastasse os funcionários quase sempre "emburrados", e de mal com vida, temos a longa espera em filas intermináveis, e os poucos atendentes à disposição da população. Sem falar que por parte de um funcionário, há estímulo ao desrespeito às senhas, passando sempre um conhecido à frente dos outros que já estavam esperando. Banco também tem dificultado o acesso dos clientes aos caixas eletrônicos, pois limitou o horário de funcionamento, onde a população só tem acesso aos caixas eletrônicos entre 10 horas da manhã e 17 horas, isso durante a semana, final de semana e feriados os caixas eletrônicos ficam fechados. 

Em resumo, tanto em Chapadinha quanto em Coelho Neto impera o desrespeito aos clientes dos bancos, e o PROCON faz vista grossa a respeito, essas situações já foram denunciadas diversas vezes, nos mais diversos blogs e nada foi feito até o momento. 

Está na hora da população Coelhonetense se mobilizar, e também buscar na justiça que seus direitos seja respeitados. 

Comments system