quarta-feira, 31 de maio de 2017

MPMA lança campanha de combate à violência contra idosos

O combate à violência contra idosos é o foco da campanha “Idade não é nada. Respeito é tudo!”, do Ministério Público do Maranhão (MPMA), lançada nas redes sociais, nesta terça-feira, 30 de maio, para conscientizar a população sobre o tema.



Produzida pela Coordenação de Comunicação do MPMA, a campanha - divulgada nos perfis da instituição no Facebook, Twitter e Instagram - alerta que a violência contra pessoas com mais de 65 anos não é somente caracterizada por agressões físicas e psicológicas. O perfil é o mesmo para todas as redes: mpma_oficial.


A campanha enfoca, ainda, que as agressões contra idosos também abrangem o abuso sexual e a violência patrimonial, quando a pessoa idosa é explorada financeiramente, sendo impedida de usar o valor de sua aposentadoria.

IMPORTÂNCIA

Para a coordenadora em exercício do Centro de Apoio Operacional de Proteção à Pessoa Idosa e com Deficiência, promotora de justiça Gabrielle Gadelha, “a violência contra a pessoa idosa, infelizmente, é mais comum do que pensamos e acontece de várias formas. Há a violência física, a psicológica, a patrimonial, a sexual. As pessoas precisam denunciar.”




Na avaliação do diretor da Secretaria de Assuntos Institucionais, Marco Antonio Santos Amorim, “o MPMA não pode ser omisso diante dos assuntos que afetam a sociedade. A violência contra o idoso é uma realidade triste, mas que precisa ser discutida e combatida. Por isso a ideia da campanha: para chamar a atenção, para mobilizar, para destacar que denunciar é importante. A omissão também é crime.”



A coordenadora de Comunicação do MPMA, Lucina Medeiros, detalha a concepção da campanha. “As peças produzidas destacam as várias formas de violência contra o idoso. As imagens são fortes, embora meramente ilustrativas. A divulgação será nas redes sociais, pelo alcance pela repercussão que gera, além do baixo custo. A assinatura das peças é também o foco da campanha é Idade não é nada. Respeito é tudo!”

CASO RECENTE

O assunto voltou à tona com o caso de Roberto Elísio Coutinho, de 50 anos, flagrado em um vídeo que tem circulado nas redes sociais, agredindo física e psicologicamente a mãe dele, Joseth Coutinho Martins de Freitas, de 84 anos. A vítima tem Mal de Alzheimer.


A violência contra a idosa levaram à prisão do agressor, solicitada pelo MPMA e pela Delegacia do Idoso.

15 DE JUNHO

A data é o Dia Internacional de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa, instituído em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

Fonte: Ministério Público do Maranhão

Comments system