quarta-feira, 28 de junho de 2017

Maranhense poderá ser próximo Procurador Geral da República

Nicolau Dino é subprocurador-geral da República e irmão do Governador Flávio Dino (PC do B)


Nicolau Dino foi mais votado pelos procuradores-gerais da república para comandar o órgão pelos próximos dois anos. Em votação realizada nesta terça-feira (27) com 1.108 membros do Ministério Público, Dino recebeu 621 votos, seguido por Raquel, com 587, e Bonsaglia, com 564. As informações foram divulgadas pela ANPR, que promoveu a eleição.

Os três nomes mais votados serão enviados a Temer. Depois, o nome do indicado pelo presidente será encaminhado para o Senado, onde passará por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça e depois por votação no plenário. Por tradição o nome mais votado tem sido escolhido para dirigir a PGR, algo que vem acontecendo desde 2003. 

Contudo, Nicolao Dino, que comanda a Procuradoria-Geral Eleitoral e foi o responsável pela denúncia que pediu a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Durante o julgamento, Dino chegou a pedir o impedimento do ministro Admar Gonzaga, nomeado por Temer e que havia trabalhado para a chapa na eleição de 2010. A corte decidiu contra a cassação por 4 votos a 3. 

Nicolao Dino é subprocurador-geral da República e vice-procurador-geral eleitoral. Entrou no MPF em 1991 e presidiu a ANPR entre 2003 e 2007. É mestre em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco e professor da Faculdade de de Direito da Universidade de Brasília. É irmão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Comments system