terça-feira, 18 de julho de 2017

Irresponsabilidade: Por falta de repasse ao FGTS Município é acionado na Justiça



Começa essa semana na Justiça do Trabalho em Caxias o julgamento das ações trabalhistas que estão sendo movidas contra a Prefeitura de Coelho Neto. As ações são o resultado da péssima gestão dos recursos públicos e do descaso com que os trabalhadores era tratados durante o Governo Soliney.

Apenas essas semana serão julgadas 52 ações movidas por ex-servidores contratados, eles reclamam que não receberam os vencimentos referentes aos mês de dezembro, alguns alegam que ficaram sem receber desde outubro, após o resultado das eleições. Outra reclamação é referente ao repasse do INSS, todos tiveram o FGTS descontados no salário, contudo, os valores não foram repassados ao órgão federal. 

Algumas ações chegam a ultrapassar R$ 30 mil reais, em caso de vitória dos ex-servidores, a capacidade de investimento da cidade será poderá ser reduzida em até R$ 350 mil reais, uma vez que sobrará para a atual gestão pagar o FGTS descontado e não repassado, e os salários que o ex-prefeito deu calote. 

Não custa lembrar que não repassar os descontos dos FGTS, bem como não pagar salários é crime de improbidade administrativa, que pode levar a suspensão dos direitos políticos e pagamento de multa.

Atualização às 10:43h: As ações tratam do repasse ao FGTS e não do INSS como dito anteriormente.


Comments system