quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Alô MP: Sem TFD mulher com câncer vive drama em Afonso Cunha


Chegou ao conhecimento deste blog, que na cidade de Afonso Cunha uma mulher com câncer não consegue acesso ao TFD (Tratamento Fora do Domicilio) via a Secretaria Municipal de Saúde daquela cidade. Ainda segundo informações, o motivo seria perseguição política.

A paciente conta com um Parecer Social emitido no dia 09 de fevereiro de 2017 pelo Hospital Aldenora Bello de São Luís, mesmo assim, e tendo cumprido todos os requisitos legais, até o presente momento, a necessidade da paciente nunca foi atendida. No parecer a Assistente Social anotou: “A família apresenta situação socioeconômica comprometida necessitando inclusão ao Programa TFD para continuidade do tratamento [...] SOLICITO INCLUSÃO NO PROGRAMA TFD PARA GARANTIA DOS DIREITOS PREVISTOS EM LEGISLAÇÃO, AJUDA DE CUSTO PARA TRANSPORTE E HOSPEDAGEM DURANTE ACOMPANHAMENTO GINECOLOGICO”.

Parecer Social solicita a inclusão de paciente no TFD


A Secretaria Municipal de Saúde da cidade nunca apresentou uma justificativa para a não inclusão da paciente no programa, sempre que procurada pela família o atendimento é recusado sem detalhes. Contudo, o que se comenta a boca pequena, é que a não inclusão da paciente no programa se deve ao fato dela ser ex-esposa do blogueiro e radialista Zé Viola, que é grande desafeto do prefeito Arquimedes Bacelar (PTB).

Arquimedes joga com a vida das pessoas, só quem viveu ou acompanhou o drama do câncer sabe bem a devastação que a doença provoca na vida tanto do enfermo, como na dos familiares. Ao dificultar o acesso da família ao tratamento Arquimedes não mostra só o lado tirano, mas também o quanto pode ser desumano.

Comments system