sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Crise assola Municípios e prefeito de Chapadinha decreta contingência

Prefeito Magno Bacelar decreta contingência de despesas em Chapadinha

Com Municípios sofrendo seguidos cortes do Governo Federal, perdendo receitas e tendo baixa arrecadação, medidas drásticas tem sido tomadas. 

Hoje o prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar (PV), publicou decreto de Contigenciamento de Despesa. O decreto estabelece medidas de redução e de controle das despesas de custeio e de pessoal no âmbito da Administração Pública Direta do Município. 

Entre outras coisas o prefeito suspendeu pagamentos de horas extras; reestruturação ou qualquer revisão de planos de cargos, carreiras e vencimentos, reajuste de salários pertencentes ao orçamento fiscal de seguridade social e concessão de afastamento de servidores públicos para a realização de cursos de aperfeiçoamento ou outros que demandem substituição. Licenças para tratar de interesse particular só serão autorizadas em situação que não gerem necessidade de substituição do servidor. 

Decreto foi publicado hoje

“Medidas como essa são tomadas para evitar que o município entre num colapso financeiro e comprometa suas finanças como tem acontecido em vários municípios do país. A preocupação do prefeito Magno Bacelar é não comprometer o bom funcionamento da máquina pública e nesse momento todas as entidades municipalistas tem exigido cautela dos prefeitos em decorrência de toda essa instabilidade que o país passa”, explicou o procurador do município Dr Lúcio Henrique.

Comments system