terça-feira, 29 de agosto de 2017

Vereadores impõe derrota ao prefeito

Prefeito de Afonso Cunha sofre derrota na Câmara Municipal

O prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar (PTB), enviou para apreciação do legislativo municipal projeto de Lei criando a Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental dentro da Secretária Municipal de Saúde. 

Contudo o projeto não foi bem recebido pelos vereadores da cidade, e foi visto com desconfiança por parte da população. Uma primeira tentativa de votação fracassou, com os vereadores da cidade esvaziando a sessão antes do fim. O presidente da câmara municipal forçou uma votação, sem dialogar com os demais convocou para hoje (29) uma sessão extraordinária para votar o projeto. Dessa vez os vereadores votaram, e o resultado foi uma derrota para o prefeito. Foram 05 votos contra o projeto, e três votos favoráveis. Arquimedes bem que tratorar, fazendo pressão sob os vereadores, que não cederam. 

A criação do órgão não foi debatida junto com a população, e os vereadores não receberam qualquer explicação sobre as razões para criação do órgão. Há quem diga que a criação do órgão visava apenas fortalecer a irmã do prefeito, que hoje responde pela Secretária Municipal de Saúde. Sem promover uma ampla discussão sobre o assunto, e com as negativas do prefeito em dialogar, os vereadores se uniram e rejeitaram a proposição. 

Assim o prefeito começa a colher os frutos da alta rejeição e impopularidade

Votaram em defesa da ampla discussão e do interesse da população os vereadores Zé do Gás, Francisco Capitula, Fernanda Braga, Faride Crispim e Zezinho da Padaria. 


Comments system