sexta-feira, 29 de setembro de 2017

O vereador sem noção


Se manifestando através das redes sociais, o vereador de Coelho Neto Rafael Cruz (PMDB), tenta se desvincular dos ataques políticos que tem sido realizados contra o prefeito Américo de Sousa (PT). 

Conforme falamos alguns dias atrás, os ataques estão sendo alimentados pela oposição, inclusive com registro fotográfico dos “pichadores” recebendo lanches de alguém da oposição, e em grupo de WhatsApp os ataques sendo combinados com um dos vereadores oposicionista.

Na sua manifestação, o vereador tenta argumentar comparando manifestações que foram realizadas no passado com os ataques dos últimos dias, mas esquece de um pequeno e importante detalhe. 

Vereador oposicionista compara reinvindicação salários de servidores municipais
com “pichações” que estão sendo feitas na ruas

A manifestação realizada por servidores públicos de Coelho Neto ano passado, aconteceu pelo fato do ex-prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PMDB), não ter pago os salários dos servidores municipais. Tanto que hoje a questão se encontra Judicializada, em um processo que corre em segredo de justiça movido pelo Ministério Público Estadual. O ex-prefeito, a quem o vereador Rafael Cruz presta tanta reverência, deixou o governo sem pagar salários e prestadores de serviço. 

Já os ataques promovidos e incentivados pelo vereador não tem razão alguma de ser, nem respaldo legal. São apenas tentativas desesperadas propagandear situações que não existem. Lembrando também, que a manifestação dos Servidores do ano passado quando terminou, os próprios servidores pagaram para que um caminhão removesse todo o lixo que foi produzido durante o ato, portanto não deixaram as ruas sujas. 

Vereadores da oposição tem estimulado pichações como essa pelas ruas da cidade 

Então menos vereador, vamos ter mais responsabilidade. Se você deseja cobrar algo, cobre do ex-prefeito, já que vocês são tão amigos, procure saber o destino que ele deu para o recurso da repatriação que o Município recebeu em novembro do ano passado e que evaporou das contas municipais.

Comments system