quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Saúde de Caixas de porta fechadas

Saúde de Caxias fechas as portas para cidades vizinhas

A cidade de Caxias é a referência de saúde na região Leste Maranhense, lá estão os serviços públicos da alta complexidade hospitalar, casos que envolvem baleados; fraturas expostas; infartos; acidentes considerados mais graves; devem ser encaminhados para aquele município para que seja tratado. Sendo então responsável por atender as demandas de Afonso Cunha, Aldeias Altas, Buriti, Coelho Neto e Duque Bacelar, mas na prática as coisas tem sido bem diferentes. 

Segundo um profissional de saúde que trabalha em duas cidades da região, o Município de Caixas tem se negado, com bastante frequência, a receber os pacientes que são encaminhados para a UPA "deles". Quando tentam caminho da regulação, muitas vezes as ligações "estranhamente" caem durante o repasse de informações, e se tentam mandar a ambulância com o paciente, com muita frequência, não passam do portão da UPA de lá. 

Já há relatos de que pacientes que já morreram na porta da UPA de Caxias, sem que fossem recebidos. Quem conhece a situação reclama do desrespeito e a falta de ética da Secretaria Municipal de Saúde de Caxias, que tem por obrigação em receber os pacientes que são encaminhados a eles, afinal recurso para isso eles recebem do Governo Federal.

Lembrando que as cidades vizinhas não estão pedindo nenhum favor ao Governo de Caxias, é obrigação dele prestarem tal serviço, afinal dinheiro para isso eles recebem. Com a palavra o Governo de Caxias, e o Ministério Público Estadual.

Comments system