terça-feira, 3 de outubro de 2017

Em Coelho Neto prefeito e secretários terão salários reduzido em 20%

Prefeito reuniu-se com gestores da rede municipal de ensino na tarde de hoje (03)

No final da tarde de hoje (03), o prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa (PT), reuniu-se com gestores da rede Municipal de Ensino, diretores, coordenadores e supervisores. Objetivo do encontro era apresentar aos gestores um breve balanço da evolução das reformas que estão sendo realizadas na Escola José Barreto e Leãozinho Sabido, ações do governo no âmbito da educação e uma avaliação do cenário educacional como um todo. 

Prefeito falou sobre ações quem tem sido desenvolvidas na educação 

Falando de maneira franca e direta com os servidores o prefeito colocou as dificuldades que o Município vem atravessando, e destacou que o Governo vem dando respostas, buscando o equilíbrio das contas públicas e manutenção dos serviços públicos. Destacou que apesar dos obstáculos, os serviços vem sendo mantidos. “Não faltam médicos nos postos de saúde, não faltam remédios, quem precisa de exames médicos tem sido atendido dentro do prazo, não vemos mais filas durante a madrugada por espera para agendar atendimento médico, o lixo vem sendo recolhido diariamente e as ruas vem recebendo manutenção. Estamos trabalhando , ainda que com dificuldades, para melhorar a realidade da cidade como um todo”.

Prefeito também ouviu sugestões por parte dos gestores

Contudo, o prefeito frisou que medidas amargas precisam ser adotadas, pois o cenário político e econômico do Brasil é muito grave, e sem perspectiva de melhoras. Américo revelou que no sábado esteve reunido com toda equipe de governo e equipe de contabilidade, buscando soluções para esse momento delicado. Nesse momento decidiu-se que o melhor a fazer seria adotar uma política de redução salarial ao invés de promover o cortes na folha de pagamento, o que terminaria agravando a economia da cidade. “Temos duas opções, por exemplo, em setores que tem dois servidores poderíamos demitir um e manter o outro trabalhando ou então reduzimos os salários, e mantemos os dois servidores até superarmos esse momento delicado. Tendo isso em perspectiva, optamos por manter os dois empregos embora com salários menor”. 

Falando isso, o prefeito anunciou que nos próximos dias estará enviando para a Câmara Municipal, para apreciação dos vereadores, projeto de lei reduzindo salários do prefeito, secretários e comissionados em 20%. Explicou a medida como sendo necessária visando manter as contas municipais no azul e o poder de investimento da cidade. 

“Mas uma coisa posso garantir, essa será uma situação provisória. Tão logo o Município supere esse momento delicado nós trabalharemos para restabelecer os vencimentos de todos”, finalizou o prefeito. 






Comments system