terça-feira, 24 de outubro de 2017

Prefeito alega diarreia para "faltar" a audiência



O prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho (PSB), alegou estar com diarreia para faltar a uma audiência do processo que move contra o Blogueiro Robert Willian, do portal Até Hoje. O prefeito move ação contra o blogueiro por “danos morais”, alegando que uma foto tirada dele durante audiência que levou a cassação do seu mandato em primeira instancia, no dia 28 de junho, lhe causou prejuízos.

Jadilson que ainda se mantem no cargo de prefeito por força de uma decisão do legislativo, pede que a Justiça determine a remoção as fotos do portal, e o pagamento de indenização no valor de R$ 15 mil reais. 

Contudo, é muito estranho que o prefeito seja acometido de diarreia justamente no dia da audiência de um processo tão simples. Espero que os “intestinos” de Jadilson estejam em melhores condições no dia em que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), for dar a palavra sobre a confirmação, ou não, de sua cassação. 

Entenda o caso

No último dia 28 de junho, o juiz da Comarca de Guimarães decretou a cassação do prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, e do vice-prefeito, Derson Ribeiro e suas inelegibilidades por 8 anos. Ocasião em que foi tirada a foto abaixo. 

Prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho (camisa preta), durante audiência
que levou a cassação do seu mandato

A decisão foi fruto de uma ação movida pela defesa do ex-prefeito da cidade, Amaury Almeida (PDT), em consequência da prisão ilegal do mesmo na véspera da eleição, fato que lhe acarretou diversos prejuízos de imagem, tendo como consequência a perda do pleito eleitoral. 

O juiz do caso deu parecer favorável à cassação da chapa encabeçada por Jadilson, tendo em vista a gravidade das circunstâncias que caracterizam o todo. O juiz decretou nulos os diplomas de prefeito e vice de Jadilson e Derson, além de decretar a perda do mandato eletivo outorgado dos dois investigados nas eleições municipais/2016. 

Pra se "cagar" de medo, literalmente  



Comments system