quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Coelho Neto tem dia “D” de enfrentamento a Hanseníase

Carreta de enfrentamento a Hanseníase realiza atendimentos em Coelho Neto
Na manhã de hoje, 23 de novembro, Carreta de Itinerante de enfrentamento a Hanseníase iniciou atendimento à população coelhonetense. A Carreta faz parte da política estadual de combate à Hanseníase, e veio a Coelho Neto através de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Equipe do laboratório que realiza os exames de detecção da Hanseníase

Na Carreta a população tem consulta médica com infectologista, e nos casos suspeitos passa por exames para diagnóstico da doença. Somado a isso é verificado a pressão arterial, glicose, e também recebe atualização das vacinas preventivas, tais como hepatite e gripe. 

A vinda da Carreta para Coelho Neto é a culminância das ações de enfrentamento a doença realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde ao longo do ano nas Unidades Básicas de Saúde. 

Prefeito Américo de Sousa esteve na carreta conversando com pacientes e médicos

Quem também esteve de passagem pela Carreta foi o prefeito Américo de Sousa (PT); acompanhado do vereador Luis Ramos (PSD); e da Secretária de Indústria e Comércio, Cristiane Bacelar. Na ocasião conversou com a população presente, médicos e equipe envolvida no atendimento.

Sobre a Doença 

A Hanseníase ataca principalmente a pele e os nervos, podendo afetar os braços, as pernas, as mãos e os pés. Se não for tratada, pode causar incapacidades ou deformidades nas mãos, pés, nariz, orelhas ou nos olhos.

A doença pode atingir homens e mulheres, adultos e crianças. É transmitida de uma pessoa para outra por meio do contato próximo e prolongado. Pessoas com hanseníase param de transmitir a doença imediatamente depois que iniciam o tratamento.

Comments system