quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

População desqualifica “protesto” realizado em Coelho Neto



Repercutiu bastante mal os atos de vandalismo realizados na manhã de ontem, quarta-feira (20), nas ruas do centro de Coelho Neto. Quando dezenas de “arruaceiros” ocuparam o centro da cidade alegado protesto contra o fechamento da “Feria do Brás”. 

A “baderna”, que começou no Balão, transcorria com aparente tranquilidade, até que figuras conhecidas, mais por seus delitos, chegaram ao local e começaram uma queima de pneus, momento em que a polícia militar interveio.

Facas, paus e pedras foram apreendidos junto com alguns do “manifestantes”

Não satisfeitos, os “baderneiros” se dirigiram para o centro da cidade, onde passaram a “atacar violentamente” lojas filiadas ao suposto “SINDICATO DOS LOJISTAS, EMPRESARIOS E COMERCIANTES DA MICRORREGIAO DE COELHO NETO/MA”. Pedras eram arremessadas para o interior das lojas, bem como chutes, e paus era usados para atacar os portões. 

Com tais atos de violência, o comércio da cidade temendo o caos que tomara conta, fechou as portas durante toda manhã e parte parte da tarde. 

Com tudo o que aconteceu, a população teceu duras críticas ao protesto e sua organização. Cabe destacar que os organizadores do protesto são desconhecidos, o que dificulta uma eventual identificação dos responsáveis pelos atos de vandalismo de ontem.

Confira alguns dos comentários




Comments system