terça-feira, 9 de janeiro de 2018

“Para evitar embaraços entre Temer e José Sarney”, deputado federal Pedro Fernandes deixa cargo na liderança do Governo



Ninguém dúvida da forte influência que o ex-senador José Sarney (MDB) exerce sobre Michel Temer, embora negue veementemente, é público e notório que Temer não realiza qualquer ato sem antes consultar o oligarca maranhense. 

A influência é tanta, que até na composição ministerial Sarney dá pitaco. Foi em um desses pitacos que o deputado federal Pedro Fernandes (PTB), escolhido por Temer em dezembro para suceder Ronaldo Nogueira Ministério do Trabalho, foi vetado. A nomeação não prosperou porque Sarney não aceita que um aliado do Governador Flávio Dino (PCdoB) comande de uma importante pasta na esplanada dos ministérios.

Contudo, hoje, terça-feira (09), o ex-futuro Ministro do Trabalho, Pedro Fernandes (PTB), encaminhou oficio ao também deputado Aguinaldo Ribeiro (PP) informando seu “desinteresse de continuar Vice-Líder do governo”, solicitando então sua destituição do cargo. 

Tudo para evitar mais “embaraços” entre Michel Temer e José Sarney. 

Ao final de sua carta, Pedro Fernandes destaca seu histórico de fidelidade como aliado de Michel Temer, relembrando ao Líder do Governo que acompanhou todas orientações no Plenário e Comissões.

Comments system