quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Que deselegante: Senador da República perde a compostura em cerimônia de inauguração


O Senador da República João Alberto (MDB), durante cerimônia de inauguração da duplicação e requalificação do trecho entre Estiva e Bacabeira da BR-135, deu claras provas do descontrole e desespero que tomou conta da oligarquia Sarney. 

Tudo começou com discurso do deputado Hildo Rocha (MDB), que elogiou Maurício Quintella pela qualidade da obra e “aproveitou” para cobrar do governador Flávio Dino (PCdoB) que fizesse o mesmo com as rodovias estaduais. Flávio Dino por sua vez, rebateu as críticas e disse que faz o melhor governo que o Maranhão já teve.

Em sua fala o governador também deu sua cutucada, alfinetando a era Sarney, dizendo que nos últimos três anos o estado tem trabalhado em obras estruturantes, ao contrário do passado. “Rompemos o ciclo da falta de estradas, rompemos o ciclo da falta de políticas sociais, da falta escolas”, disse Flávio Dino.

Diante disso, o senador João Alberto perdeu a compostura que se espera de um homem público que ocupa uma cadeira na câmara alta da república, quebrou completamente o protocolo de uma cerimônia pública, e aos gritos interrompeu a fala do Governador dizendo: “é mentira! Mentiroso!”. 

Diplomático, o governador continuou seu discurso olhando nos olhos do senador raivoso, e continuou dizendo que “rompemos o ciclo da falta de escola, e rompemos também o ciclo da falta de educação, que é uma coisa importante para você governar bem, com serenidade e com tranquilidade”. 

Em meio ao bate bocado, a presença dos ministros que viram de perto a truculência do clã Sarney. 


Comments system