sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Pioneirismo e Ousadia de Magno Bacelar devidamente reconhecidos

Magno Bacelar junto com os vereadores de Coelho Neto

As homenagens da Câmara Municipal na noite de ontem, quinta-feira (14), não foram limitadas apenas a Títulos de Cidadania. A maior honraria da casa, Medalha Maria Bacelar, também foi ofertada a um filho ilustre da cidade com langa carreira política e grandes serviços a população Coelhonetense. 

Carlos Magno Duque Bacelar, é filho de Raimundo Melo Bacelar, mais conhecido por Duque Bacelar, e Maria Machado Bacelar. É um advogado, radialista, jornalista e proeminente político brasileiro, que ocupou grandes cargos públicos durante sua trajetória política, idealizador de miraculosas empreitadas, um homem realizador. Foi empresário, deputado estadual, secretário de estado, deputado federal, senador da república, e por último realizou o sonho de ser prefeito de sua terra natal, Coelho Neto. 

Magno Bacelar recebe do presidente Osmar Aguiar Medalha Maria Bacelar
maior honraria dada pelo Legislativo Municipal

Magno Bacelar, juntamente com os irmãos, abriram aquela, que na época, era o maior complexo industrial do interior do Maranhão, A Celulose e Papéis do Maranhão S.A. (Cepalma), que atraiu para Coelho Neto o ministro do Interior, Costa Cavalcanti; o governador Pedro Neiva; o senador José Sarney; o presidente do Banco do Brasil, Nestor Jost; superintendente da Sudene, Evandro Sousa Lima; além de renomados empresários, conceituados jornalistas e convidados especiais, que marcaram presença em Coelho Neto viajando a bordo de jatinhos e de aviões tipo DC3, especialmente fretados. Empresa que depois tornou-se a Itapagé S.A. e que por muitos anos trouxe riqueza e desenvolvimento para Coelho Neto e região. 

Outro grande projeto da família Bacelar, com ativa participação de Magno Bacelar, foi a criação da TV Difusora do Maranhão, esta que foi a primeira emissora de TV do Maranhão. A inauguração da emissora contou com a presença de diversas figuras ilustres da época, dentre as quais o Ministro da Justiça do governo de João Goulart, Albelardo Jurema, dos governadores Newton Bello (Maranhão), Miguel Arraes (Pernambuco), e Petrônio Portela (Piauí), do prefeito de São Luís, Costa Rodrigues, de representantes da embaixada dos Estados Unidos, e também do monsenhor Osmar Palhano de Jesus, que batizou os transmissores da emissora.

Essas foram apenas duas, dentre varias façanhas, nas quais Magno Bacelar esteve envolvido. Magno sempre foi um homem à frente do seu tempo, e um cidadão que sempre amou Coelho Neto e demonstrou isso por onde passou. Por tudo isso, os vereadores prestaram grande homenagem e reconhecimento a esse homem gigante na história de nossa cidade.