segunda-feira, 5 de março de 2018

Pauta Bomba da Assembleia Legislativa

Deputados Cabo Campos (esq) e Levi Pontes (dir) terão suas condutas
avaliadas pela Comissão de Ética da Assembleia Legislativa 

Duas pautas polêmicas devem movimentar a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa do Maranhão nos próximos dias. O caso do novo “áudio bomba” do deputado Levi Pontes (PC do B) e o caso da agressão física denunciada pela esposa do deputado Cabo Campos (DEM).

A Mesa Diretora da Casa do Povo já recebeu formalmente uma denúncia da deputada estadual Andrea Murad (MDB) contra o deputado Levi. A representação contra o parlamentar versa sobre mais um caso de conduta ilícita, abuso do cargo, apropriação de bem público em troca de apoio político e de votos em Chapadinha.

Levi Pontes foi flagrado em suposta prática de crime eleitoral. Em áudio, que foi amplamente divulgado na semana passada, O Deputado sugere a troca do apoio do prefeito de Chapadinha Magno Bacelar pela manutenção da UPA da cidade pelo Governo do Maranhão. No áudio, Levi também afirma, estranhamente, que trocou a foto da esposa no quarto casal pela do governador Flávio Dino (PC do B).

Esta é a segunda vez que a deputada Andrea ingressa contra Levi Pontes. Em 2017, outro áudio do parlamentar veio a público. Na oportunidade, o Deputado estadual negociava a distribuição de peixes pela Prefeitura de Chapadinha, a aliados políticos, durante a Semana Santa. A denúncia foi arquivada.

O outro caso que deve chegar a Comissão de Ética da Casa Legislativa é o do deputado Cabo Campos (DEM). O deputado PM foi denunciado pela própria esposa, Maria José Brandão Marques Campos, pelos crimes de lesão corporal qualificada pela violência doméstica e injúria.

A Procuradora da Mulher na ALEMA, deputada Valéria Macedo (PDT) confirmou que o deputado Campos poderá ser acionado pela Comissão de Ética Casa por decoro parlamentar e ter o mandato cassado.

Em nota, a deputada Valéria repudiou os atos do deputado, e informou que a Procuradoria aguarda a conclusão das investigações para que, assim, peça à Comissão de Ética que instaure o processo disciplinar contra o parlamentar.

Sobre a denúncia contra Levi Pontes, o presidente da Assembleia deputado Othelino Neto (PC do B), disse que a Mesa Diretora vai analisar se cumpre as condições estabelecidas no Regimento Interno, para assim encaminhar á Comissão de Ética para apreciação.

Sobre o episódio envolvendo o Deputado Campos, Othelino deixou claro que a Assembleia ainda não recebeu uma provocação formal, mas que, assim que for formalizada a denúncia, dará o tratamento devido.

Do Marrapá 

Comments system