segunda-feira, 9 de abril de 2018

No Piauí Barragem ameaça romper, nove comunidades estão ameaçadas

Barragem do Bezerro em José de Freitas

No Piauí as forças de segurança e órgãos de monitoramento do estado estão em alerta total, trabalhando intensamente em José de Freitas, distante 52 km de Teresina, por conta do risco de rompimento da Barragem do Bezerro, que é um dos maiores reservatórios do Piauí, com capacidade para armazenar mais de 10 milhões de metros cúbicos de água. Nove comunidades situadas no entorno da barragem encontram-se ameaçadas e o Exército já foi acionado para ajudar na remoção das famílias para áreas seguras.

A varredura feita pela Defesa Civil Estadual e pelo Corpo de Bombeiros constatou que a barragem está infiltrando água além do normal e isto já abriu pequenos buracos na estrutura do lado de fora. Foi criado um canal para dar vazão à água e diminuir a pressão na parte interna das paredes. Dois sangradouros também já foram abertos para diminuir o volume armazenado. 

Defesa Civil, Corpo de Bombeiro e até o Exercito trabalham na área  

“A situação é de alerta máximo, há preocupação sim com o rompimento, mas não aconteceu. Estamos trabalhando com todas as técnicas possíveis de contenção e retirada das famílias a orientação é intensificar as ações. Os sangradouros foram abertos para diminuir a pressão nos pontos onde há vazamento e as comunidades já foram devidamente alertadas dos riscos”, explica o secretário estadual de Defesa Civil, Vitorino Tavares.

Governador sabia 

Em março de 2017 a prefeitura de José de Freitas encaminhou oficio para o Governado do Piauí, Wellington Dias (PT), solicitando reforço para as paredes da barragem do Bezerro, afirmando haver risco de rompimento do reservatório. Na época o governador ingnorou a demanda da prefeitura, então o Ministério Público do Estado, na época, ingressou com ação civil pública contra o estado.

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI) informou que o problema de agora não tem relação direta com os pedidos.

Em 2017 prefeitura de José de Freitas informou o Governador Wellington Dias
do risco de rompimento da Barragem

Diante dos riscos de rompimento da Barragem do Bezerro, a Prefeitura de José de Freitas decretou estado de emergência, a ser publicado esta semana no Diário Oficial. A Força Tarefa montada para atuar na região conta com mais de cem homens, entre Exército, Polícia Militar, Defesa Civil Municipal e Estadual, Corpo de Bombeiros e civis colaboradores. As famílias em áreas de risco estão sendo remanejadas para escolas públicas e casas de parentes, além de terem seus nomes incluídos em um cadastro municipal, que está sendo preparado pela Prefeitura de José de Freitas.

Nível do Velho Monge preocupa

Durante o período de chuva, as atenções também se voltam para o nível dos rios que banham o Piauí. O Parnaíba, por exemplo, tem inspirado cuidados especiais por parte dos órgãos de monitoramento. Em Luzilândia, o Velho Monge já superou a zona de alerta e se aproxima da zona de inundação. O controle é feito em todas as comunidades ribeirinhas localizadas após a Barragem de Boa Esperança até o desembocar em Parnaíba. 

Em Teresina, o nível do Velho Monge ainda não chegou nas encostas de inundação, mas há alerta para o nível, que subiu ainda mais após as fortes chuvas da semana passada.

Do Portal AZ e G1 Piauí

Comments system