segunda-feira, 14 de maio de 2018

Soliney se despede da vida pública e prepara sucessão


E áudio gravando no último sábado (12), o ex-prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (MDB), formaliza para seus "apaniguados" sua saída da disputa eleitoral deste ano. Soliney deixa a vida pública de forma desonrosa após ter sua contas reprovadas pela Câmara de Vereadores da cidade em julho de 2017, estando assim enquadrado na Lei da Filha Limpa. Ao longo de sua trajetória o ex-prefeito colecionou escândalos, confusões e processos judicais.

Contudo, preparar o próximo político da família não será tarefa fácil, tendo em vista que nenhum de seus filhos tem o mesmo carisma que Soliney teve no inicio de sua vida política, e também pela falta de identidade com a cidade. 

Os filho de Soliney foram criados distante de Coelho Neto, aparecendo por aqui apenas na época de festas, desfilando pela cidade em "carrões" importados, esbanjando dinheiro, e sem nenhuma identidade social com a população em geral. São portanto meros desconhecidos do grande público.

O mais simbólico, é que assim como o pai, e com exceção do filho caçula, os demais filhos de Soliney acumulam escândalos e confusões. 

O indicado por Soliney para continuar seu "legado", inaugurou a pouco tempo em Teresina uma luxuosa barbearia em um dos endereços mais caros da capital piauense. Logo em seguida, ele juntamente com toda família denunciado pelo Ministério Público Federal por fraudes no FUNDEB de Coelho Neto. O mesmo também é conhecido pela grande quantidade negócios que já abriu, e faliu em pouco tempo. 

Também é conhecido por uma grande confusão que esteve envolvido em São Luís alguns anos atrás, quando o pai ainda era deputado. Na ocasião ele teria agredido um rapaz na saída de um bar na capital maranhense, a motivação seria uma disputa "amorosa". Na ocasião a vitima declarou que "não queria conversa com as pessoas mencionadas e tentou deixar o local, mas acabou agredido a socos e pontapés pelo trio. Segundo o rapaz, um dos seguranças chegou a sacar de sua arma de fogo e disparou contra ele, atingindo-o de raspão no braço direito". 

Com tantos problema, a saída de Soliney da vida pública ao que parece será permanente, e total.