domingo, 17 de junho de 2018

Em Coelho Neto Márcia Bacelar fala sobre as eleições de 2018

Durante a manhã de hoje, domingo (17/06), o blog Observatório do Cocais foi recebido pela ex-prefeita de Coelho Neto, Márcia Bacelar, para um lanche matinal onde o cardápio principal foi a política em Coelho Neto, e as eleições que se aproximam. Durante mais de 2 horas de conversa a ex-prefeita falou sobre sua visão para eleições de 2018, analisou o cenário político da cidade, arriscou palpites, e fez algumas projeções para o futuro. 

Imagem da nossa primeira conversa com Márcia Bacelar em 2017

Logo de cara, comecei a indagar a ex-prefeita sobre as possibilidades de termos um “Bacelar” na disputa deste ano, algo que foi refutado prontamente por ela. Márcia explicou que apesar da vontade em voltar a disputar um cargo eletivo, ela e seu esposo vivem hoje um outro momento, com Bacelar estando a frente de um importante órgão governamental, onde ocupa um posto de confiança que lhe permite exercer sua carreira de origem, e ao mesmo tempo que eles podem desfrutar melhor da companhia de filhos e netos, que já são três. “A política prende muito a gente, deixamos o convívio familiar para viver ao lado do povo. Fui vereadora por 4 anos, depois estive prefeita por mais 8 anos, e Bacelar esteve por 16 anos na Assembleia Legislativa. Por mais que nos esforçássemos para estar presentes na vida de nossos filhos, praticamente os vimos crescer a distância, não nos arrependemos, foi escolha nossa. Agora escolhemos outra realidade, acompanhando o crescimento dos nossos netos, aproveitando uma fase muito gostosa da infância deles. Mas com certeza voltaremos a política, tudo tem seu momento e a sua hora”

Questionada sobre alianças para 2018, Marcia falou com convicção que estará no palanque de Roseana Sarney (MDB), de quem é muito próxima. Inclusive, já tendo conversas prévias com o pré-candidato a senador Sarney Filho (PV), para ocupar um papel de destaque me sua campanha. A ex-prefeita também revelou que está fechada com o deputado federal Hildo Rocha, com quem esteve em Brasília alguma semana atrás. Quanto a deputado estadual, Marcia Bacelar disse que por hora apenas observa o tabuleiro político e o movimento das peças, mas que tem notado o cenário em Coelho Neto bastante fragmentado, com muitos pré-candidatos movimentando-se fortemente pelos bastidores, contou que foi procurada por pelo menos três deles e que mantém conversas com apenas dois. “Hildo Rocha é uma questão pessoal minha e de Bacelar, somos bastante gratos a ele que muito nos ajudou, e agora iremos retribuir buscando votos para ele. Quanto ao deputado estadual, estamos conversando com dois pré-candidatos que acreditamos que tem muito para contribuir com o desenvolvimento de Coelho Neto, as conversas são frequentes e muito proveitosas, mas não há por hora nada definido. O suplente de deputado Marcos Caldas também nos procurou, mas não vemos nele um opção boa para Coelho Neto e nosso povo”

Durante a conversa não podemos deixar de falar sobre o governo municipal, e as expectativas para 2020. Marcia Bacelar explicou que esse momento é para uma reflexão, e que ainda não cabe julgamento sobre a gestão do prefeito Américo, “esse momento virá depois”. A ex-prefeita ainda relembrou que seus dois primeiros anos de governo foram de muitas dificuldades, e que só foi possível superar aquele momento com a colaboração dos vereadores da época, e com a ajuda do governo estadual. “Passamos por muitos apertos em 1997 e 1998, recebemos uma prefeitura aos cacos, quebrada em todos os sentidos, da mesma forma que o Américo recebeu ou muito pior. Mas com a contribuição dos nossos vereadores da época, a quem faço justiça hoje, e também com muita ajuda da ex-governadora Roseana Sarney, que mandou recursos, obras e realizou investimentos em Coelho Neto, pudemos superar todas as dificuldades, a ela também tenho muito agradecer, assim como toda a população saberá demonstrar sua gratidão no momento certo. Quanto a 2020, ainda faltam 2 anos e mais de seis meses, o futuro a Deus pertence. Só queremos o melhor para nossa cidade”.