terça-feira, 12 de junho de 2018

Na dificuldade que conhecemos os amigos

Ainda repercute na mídia as demissões tornadas publicas ontem, segunda-feira (11/06), pelo prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar (PV), e que atingiram toda a administração municipal. Muitas vozes críticas se levantaram contra o prefeito, e como já era de se esperar a oposição da cidade tem batido forte na gestão municipal, e nem mesmo a primeira dama da cidade, Danúbia Carneiro, tem escapado dos ataques. 


Contudo, o que surpreende mesmo é que até aqueles que eram considerados “aliados” de primeira hora do prefeito Magno Bacelar estão fazendo coro contra as demissões e necessidade da medida, e unindo-se a oposição para a criticar o decreto. O certo é que as demissões atingiram a todos, inclusive “aliados”, e pelo tom da chiadeira, estes não eram tão “aliados” assim. 

Como disse ontem, as críticas contra a medida são naturais, e esperadas. Mas vindo de algumas pessoas, percebe-se que a insatisfação é por motivo financeiro, e não por divergências políticas ou por discordar de algum ponto da gestão. Estão revelando-se verdadeiros sanguessugas do dinheiro público, que se aliam por conveniência e não por ideologia. 

O certo é que hoje em Chapadinha temos a constatação de um antigo ditado popular: “na prosperidade os amigos nos conhecem, mas na adversidade nós conhecemos os amigos”.

Comments system