terça-feira, 19 de junho de 2018

Oposição retira pré-candidatura de Bruno Silva

Foi por água abaixo a tentativa do ex-prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (MDB), de emplacar a pré-candidatura do filho, Bruno Silva (MDB), para o parlamento estadual. As poucas lideranças que ainda seguem com o ex-prefeito, ameaçaram abandonar Soliney caso ele insista em manter o filho na disputa. 

Ex-prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (esq), e Bruno Silva ao fundo distribuindo abraços

A verdade é que a pré-candidatura de Bruno Silva não chegou a decolar, as poucas reuniões que aconteceram não empolgaram, os que foram ouvi-lo acharam o "discurso" do jovem fraco. Também pesou contra o fato de Soliney ser ficha suja, o descredito do ex-prefeito junto a grandes lideranças estaduais e a falta de influencia em outras cidades. 

A saída de Bruno Silva é fato consumado, e propagado pela própria oposição, apesar da resistência do jovem e do pai em se retirarem. Porém Soliney já não tem mais o controle dos fatos, não tem mais grupo, e por mais que esbraveje, ninguém vai satisfazer suas vontades e caprichos. 

Agora, resta aguardar o anuncio oficial, quando o ex-prefeito deverá informar se irá para os braços de Zé Gentil (PRB), pai do prefeito de Caxias, ou se vai para o lado de Socorro Waquim, ex-prefeita de Timon e antiga aliada.