segunda-feira, 11 de junho de 2018

Roseana determina que Soliney retire a candidatura do filho

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (MDB), tenta a todo custo construir um palanque forte na região leste Maranhense, mas tem esbarrado na descrença de prefeitos e grandes lideranças da região, que desconfiam da viabilidade de sua candidatura, e da capacidade da filha de José Sarney em honrar compromissos em caso de derrota na disputa a eleitoral.


Porém, Roseana tem buscando superar os obstáculos negociando facilidades, argumentando que pode liberar recursos e benefícios junto ao Governo Federal, graças a proximidade de sua família com o presidente Temer (MDB). Além disso Roseana também tem buscado construir acordos com gestores e lideranças que claramente tem pouca afinidade com o governador Flávio Dino (PCdoB), caso do prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB). 

A verdade é que até o momento Fábio Gentil não formalizou quem deverá apoiar na disputa estadual deste ano. Muitos dão como certo o apoio ao governador, há porém aqueles próximos ao prefeito que defendem o apoio a Roseana. Com Caxias sendo um grande centro, Roseana sabe da importância de compor com o prefeito caxiense, e para isso tem sinalizado que retirará da disputa nomes que possam atrapalhar uma eventual eleição de Zé Gentil (PRB) a Assembleia Legislativa. 

Em Coelho Neto, Roseana já teria determinado que o ex-prefeito da cidade, Soliney Silva (MDB), retire a pré-candidatura do filho. O objetivo é que Soliney e todo seu grupo apoie Zé Gentil, construindo assim um único palanque “roseanista” em Coelho Neto. 

Contudo, Roseana tem esbarrado na má vontade do ex-prefeito, que não deseja de forma alguma ficar mais um ano sem poder e influência. Soliney colocou a faca no pescoço da ex-governadora, e exigiu ser indicado como pré-candidato a vice-governador, só então retiraria a candidatura do filho. 

Se Roseana conseguirá o que quer, não é possível saber, assim como também não podemos arriscar sobre as chances de Soliney ir para a chapa da ex-governadora. Mas cabe lembrar, que essa não é a primeira vez que Soliney é obrigado a retirar um filho da disputa eleitoral por conta das estratagemas da família Sarney. 

Até o momento, a única certeza é que Flávio Dino vai para a reeleição, só não se sabe contra quem.

Comments system