domingo, 22 de julho de 2018

Gastão Vieira em Coelho Neto

Ontem, sábado (22/07), Coelho Neto recebeu a ilustre visita de Gastão Vieira (PROS), ex-ministro do Turismo durante a gestão de Dilma Rousseff, e atualmente pré-candidato a deputado federal, cargo público para o qual já foi eleito 5 vezes. Gastão que tem uma longa relação de amizade e carinho com a população coelhonetense, onde foi muito bem votado nos anos de 2010 e 2014, e retribuiu o carinho da população com muito trabalho, destinando recursos e investimentos importantes para a cidade, com grande destaque para a construção do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) em Coelho Neto. 

Em Coelho Neto Gastão Vieira falou para um publico composto em sua maioria por educadores

Em pouco mais de duas horas de conversa, Gastão Vieira contou um pouco de sua trajetória de vida, seu histórico político, alguns "causos" dos bastidores da politica maranhense e brasileira. Demonstrou bastante afinidade com o público presente, falou a vontade e com propriedade sobre a educação, área em que demonstrou grande conhecimento técnico e muita vivência. Ele que já foi secretário de estado da educação, entre os anos de 95/98 e 99/02, e mais recentemente ocupou a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação.

Quanto a atuação por Coelho Neto, Gastão demonstrou ter muita gratidão pela cidade. Emocionado disse que em 2010 foi a primeira vez em toda sua vida pública que recebeu mais de 10 mil votos em uma cidade maranhense, fato que guarda com muito carinho no coração. Descreveu sua luta em busca de benefícios e melhorias pela cidade, momento em que fez justiça e relembrou de Max Barros, que recentemente anunciou que está de saída da vida publica. 

Ao lado do professor Domingos Dias, Gastão relembrou a luta travada para a Instalação do IFMA em Coelho Neto

"Eu e Max abraçamos Coelho Neto, dedicamos muitas horas de trabalho e suor por essa cidade. Eu em Brasilia como deputado federal, Max em São Luís quando foi Secretário de Infraestrutura. O meu trabalho rendeu para Coelho Neto um polo da UEMA, inúmeros programas educacionais, emendas da educação da cidade, e por último o IFMA. Lutei por esta cidade que me adotou e que aprendi a amar, e espero voltar para Brasilia para lutar ainda mais por Coelho Neto".