segunda-feira, 16 de julho de 2018

Prefeito Américo faz história, e entrega o Primeiro Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência da região

Esta segunda-feira (16/07), ficará para sempre marcada como um dia de alegria e celebração na História de Coelho Neto, onde a população como um todo conquistou um importante instrumento público de inclusão social, saúde, educação e direitos humanos. O prefeito Américo de Sousa (PT), acompanhando de todo seu secretariado, entregou hoje para todos os coelhonetenses o primeiro Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência de Coelho Neto, com estrutura completa para atender pessoas com deficiência e em situação de dependência. 



O Centro é uma iniciativa da Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria de Saúde em parceira com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, visando atender uma parcela da população que em sua maioria não dispunha de atendimento público especifico. Este é o primeiro Centro totalmente público com esta oferta de serviço na região, demonstrando assim a preocupação do governo municipal em atender toda a população. 

Prefeito Américo abre oficialmente o Centro Milca Gardênia Oliveira de Araujo  

O centro terá o nome da jovem Milca Gardênia Oliveira de Araújo, portadora de deficiência que lutou brevemente pela vida em meio a dificuldades. Dessa forma o prefeito homenageia a jovem guerreira ao mesmo tempo que imortaliza a importância da defesa a garantida dos direitos dos portadores de necessidades especiais. 

Prefeito Américo com parte da equipe de profissionais do Centro Milca Oliveira

Em seu pronunciamento o prefeito Américo de Sousa destacou a importância de qualificar e trabalhar no âmbito do SUS as demandas das pessoas portadoras de deficiências, frisando ainda que os usuários terão à disposição um corpo de profissionais competentíssimos, desde o técnico de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeuta, psicólogo, psiquiatra, salientou que nesse primeiro momento foi possível ofertar o neurologista, mas que está empenhado, juntamente com sua equipe, em trazer essa modalidade de atendimento também. Anunciou ainda que o atendimento não será apenas para os portadores de necessidades especiais, mas também para os pais e acompanhantes, atendimento completo. 

“O Centro Milca Gardênia é o final de uma novela que se arrastou por muitos meses em Coelho Neto, e que hoje chega a um final feliz. Eu aprendi na vida que meu direito eu posso negociar, eu posso abrir mão do meu direito. Mas aprendi também que não devo fazer negociatas com os direitos dos outros, eu não posso abrir mão como gestor público dos direitos da população, mas do que isso, que eu não posso abrir mão dos direitos que as pessoas com deficiência possuem, é garantido a elas o direito de serem assistidas pelo poder público. Eu fiz uma escolha, fui pressionado, arrisquei perder apoio popular. Eu podia ter feitos negociatas, ter feito acordos a margem da lei, mas decidi garantir o certo, garantir o direito da população, garantir atendimento Digno e dentro da Lei para quem precisa, eu decidi ficar dos lados dos mais fracos. Hoje está aqui o resultado dessa escolha, aqui está o Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência Milca Gardênia Oliveira de Araújo, que não é meu, que não é de ninguém, é todos, é para a população, e servirá apenas a população, principalmente aqueles que mais precisam”, anunciou o prefeito Américo de Sousa.