segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Roseana tem a disposição o dobro dos recursos de Flávio Dino

Desde o último dia 16 de agosto os postulantes a cargos eletivos estão livres percorrer o Maranhão atrás de votos. Nestas eleições o grande diferencial é o financiamento público de campanhas, que nada mais é que dinheiro coletado através do pagamentos de impostos pelos brasileiros, que passou irrigar os cofres dos partidos com quase R$ 2 bilhões de reais para serem usados durante as eleições. 


O partido da ex-governadora Roseana Sarney, o MDB, recebeu seu quinhão do fundo, foram quase R$ 235 milhões de reais que a legenda mais corrupta da história do país recebeu para torrar durante as eleições. Já o PCdoB, partido do governador Flávio Dino, recebeu as apenas R$ 30 milhões para aplicar nas candidaturas do partido nestas eleições. 


Desta forma, já é possível notar logo de cara as disparidades do pleito, onde Roseana Sarney recebeu da sua legenda R$ 8 milhões de reais para fritar em sua campanha, o que deve lhe colocar entre as candidaturas mais ricas do País. Por outro lado, o governador Flávio Dino recebeu apenas R$ 4 milhões de reais para sua campanha eleitoral, uma boa quantia, nos entanto é apenas 50% do valor que Roseana terá à disposição, criando assim um verdadeiro fosso entre os dois candidatos. 


Se levarmos em consideração o patrimônio de Roseana, o abismo fica ainda maior, com a candidata tendo um patrimônio declarado em mais de R$ 11 milhões de reais, enquanto o governador tem pouco menos de R$ 900 mil. Sem falar ainda, que Roseana dispõe de um grande conglomerado de mídia, um dos maiores do Brasil, que promove diariamente ataques negativos e gratuitos contra Flávio Dino.

As eleições começaram, e por tudo isso, pode não ser das mais democráticas.

Voltamos a qualquer momento com mais informações