sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Defesa perde o prazo, impugnação da candidatura de Soliney sairá em alguns dias

A banca de advogados do ex-prefeito de Coelho Neto, e maior ficha suja do leste maranhense, Soliney Silva (MDB), dormiu no ponto e perdeu o prazo para apresentação da defesa junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no processo de impugnação de candidatura aberto contra a candidatura do ex-gestor de Coelho Neto. 


Soliney está atualmente enquadrado na Lei da Ficha Limpa, o ex-prefeito teve duas contas reprovadas pela Câmara Municipal referente aos exercícios financeiros da prefeitura de Coelho Neto nos anos de 2010 e 2011. Além do mais, Soliney também foi condenado pela Justiça Maranhense em um processo por uso indevido da Procuradoria Geral do Município, por uso de advogados da prefeitura para atuar em causa particular, tendo assim cometido Improbidade Administrativa. 

Por esses motivos a candidatura de Soliney que já era considerada morta desde o início, afunda de vez, como o prazo encerrou apresentação era até ontem, quinta-feira (06/09), e sem ter o que analisar, a Justiça deverá declara o ex-prefeito inelegível já nos próximos dias.

Voltamos a qualquer com mais informações