quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Após desempenho pífio da legenda, Hildo Rocha quer o controle do MDB no Maranhão


As urnas selaram de forma trágica o destino da família Sarney nos próximos quatro anos, além da pesada derrota para o governador reeleito Flávio Dino (PCdoB), pela primeira vez em 50 anos nenhum membro do clã estará em Brasília representando os interesses da família no congresso nacional. 

Na próxima legislatura Hildo Rocha (MDB) será o emedebista maranhense melhor posicionado no Congresso, e como o senador Lobão não conseguiu a reeleição, e João Alberto abdicou da disputa, o deputado federal declarou que pretende assumir o controle do partido no estado.

“É preciso ter alternância de poder. Nada contra o senador João Alberto, mas é preciso testar outros nomes; até pra ver se o que está lá é bom mesmo. Nunca se vai saber o que é bom se não testarmos outro”, justificou o parlamentar a um blog da capital. 

Hildo não tem hoje o controle sobre nenhum diretório municipal do partido no Maranhão, não tendo também nenhum tipo de influência sobre as decisões da legenda no estado. Ele tentará assumir o controle do partido, caso não consiga, já sinalizou que pode deixar a agremiação.

É esperar para ver