segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Antônio Pires é contra nosso sindicato, afirmou o senhor Albertino


Parece que o vice-prefeito de Coelho Neto esqueceu a sua origem no movimento sindical, daqueles que foram seus aliados de longa data, e agora passou a desfazer dos membros do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados e Assalariadas Rurais de Coelho Neto, atacando a luta da entidade que busca garantir os direitos de seus associados, que estão sendo prejudicados pela falta de compromisso do Grupo Industrial João Santos. 

A postura de Antônio Pires ficou clara na última paralisação feita pelo Sindicato, que acampou na porta da Escola Maria Regueira dos Santos e na entrada da Vila Isabel, na tentativa de chamar a atenção da sociedade para as dificuldades que país e mães de família estão passando, por estarem sem salário, sem receber às verbas rescisórias, e outros direitos qua a Lei lhes assiste.

“Nossos filhos estão passando fome, e hoje o vice-prefeito de Coelho Neto veio dizer que estávamos errado lá na porta da Escola Maria Regueira, ele falou isso porque tem parentes estudando lá. Eu falei pra ele, que de primeira ele era do nosso lado, e porquê hoje está contra nossos trabalhadores. O Antônio Pires está com raiva de nós porquê não estamos mais lutando junto com ele. Eu passei foi 30 anos mais o Antônio Pires, todo o tempo fazendo greve. A derradeira greve que nós fizemos, que ele era presidente do sindicato, foi três meses aqui na porta da empresa, e hoje ele é contra nosso sindicato”, revelou o senhor Albertino, que é um dos líderes do movimento sindical. 

A forte declaração relava bem o caráter interesseiro e de mão única de Antônio Pires, que apenas usa das pessoas para lhe servirem como bem desejar, e quando não atendem mais seus caprichos, ele as descarta. Antônio Pires é o tipo de político que não tem compromisso, e que apenas vê na luta sindical, e na própria política, um meio de realizar seus objetivos pessoais. 

Confira no vídeo abaixo a declarações: