sexta-feira, 30 de novembro de 2018

MURAD DIZ A POLÍTICOS QUE VAI TENTAR A INICIATIVA PRIVADA


O ex-todo-poderoso Ricardo Murad, após uma condução coercitiva para prestar esclarecimentos sobre o desvio de R$ 1 bilhão da saúde pública do Maranhão, passar alguns dias na carceragem da Polícia Federal por conta de outro esquema de subtração de recursos envolvendo a Fundação Bem Viver e vê seus votos evaporarem das urnas após sucessivos escândalos de corrupção no Governo de Roseana Sarney, tem comunicado aos mais chegados que decidiu desistir da vida pública e que vai tentar a iniciativa privada.

A todos os políticos remanescentes do grupo Sarney que o procuraram, o ex-gerentão da Saúde, apontado pela Polícia Federal com chefe da organização criminosa que roubou mais de R$ 1 bilhão da saúde pública do Estado, tem externado sua decepção com o limbo a que foi jogado pela população. Na eleição deste ano, Ricardo Murad teve apenas 24 mil votos, insuficiente para elegê-lo deputado federal, a filha Andréa só conseguiu 17 mil votos e perdeu o mandato de deputada estadual.

Segundo o blog colheu nos bastidores da política local, depois da cadeia, Murad nem de longe parece aquele político sabichão, prepotente e arrogante de outrora. “Parece que a prisão fez o homem de ferro baixar a crista”, observou um dos políticos que tentou levantar o astral do ex-deputado, mas acabou desistindo diante da determinação do cunhado de Roseana em não mais se envolver com política.

É aguardar para conferir.