quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Fábio Gentil começa a abrir os olhos


O prefeito de Caxias ao que parece começa a despertar para alguns desacertos em sua gestão. Recentemente em análise feita juntamente com pessoas do seu círculo mais próximo, Fábio Gentil (PRB) foi levado a concluir que algumas estratégias podem estar provocando muito mais danos do que benefícios. 

O primeiro ponto fora da curva avaliado pelo prefeito foi na Assessoria de Comunicação (ASCOM) caxiense. Fábio Gentil chegou à conclusão que Augusto Neto, responsável pela comunicação, não soube lidar com os posicionamentos controversos do ex-prefeito Paulo Marinho, que ficou bastante insatisfeito com a votação obtida pelo filho na última eleições, quando Paulo Marinho Junior (PP), que hoje é vice-prefeito de Caxias, disputou uma cadeira na câmara federal. 

Fábio Gentil, e pessoas próximas a eles, acreditam que Augusto Neto passou do tom ao ter direcionado ataques a Paulo Marinho, e consequentemente a Paulo Marinho Junior. Um exemplo citado, é que ao usar blogs estaduais para atacar o ex-prefeito Augusto Neto expôs para todo Maranhão um racha dentro do governo municipal, o que causou ranhuras na imagem de Fábio Gentil. 

Além do mais, os ataques desmedidos feitos sob orientação de Augusto Neto abriu um abismo entre Fábio Gentil e Paulo Marinho Junior, que até hoje se mantem em silêncio sobre todo esse episódio, e também se mantém distante de qualquer agenda do governo municipal. 

O certo, é que o prefeito deseja manter Paulo Marinho Junior participante e envolvido com o governo municipal, mas Fábio Gentil sabe que não será possível com Augusto Neto a frente da ASCOM, um ponto em que todas as pessoas já consultadas por ele concordaram. 

Será que a caneta do prefeito Fábio Gentil fará mais uma vítima? E será que Augusto Neto ficará calado se a caneta agir contra ele? São Perguntas que estão rolando dentro do palácio municipal. 

Vamos aguardar