sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Final de ano trágico


Soliney Silva (MDB), ex-prefeito de Coelho Neto, vai acumulando em 2018 uma série de derrotas políticas e judiciais extraordinárias. Ele que já foi apontado como um político promissor no Maranhão, tendo exercido mandato de Vereador, Deputado Estadual e por último Prefeito, aos poucos vai definhando, e hoje em dia nem lembra mais o líder carismático de outrora. 

Ao sair do Governo Municipal Soliney deixou um rombo nas contas públicas, apenas o Instituto de Previdência Municipal devia na época mais de R$ 45 milhões de reais ao INSS. Com diversas obras abandonadas pela cidade, ficou evidente que a corrupção tomou conta de Coelho Neto, afinal onde foram parar os recursos de Creches, UBS’s e do Sistema de Captação e distribuição D’Água?! 

As respostas para essas perguntas tem vindo da Justiça, onde o ex-prefeito tem sido condenado sucessivamente a devolver os recursos públicos que “sumiram”. Soliney até ontem, quinta-feira (20/12), tinha 03 bloqueios Judiciais em suas contas bancárias e patrimônio moveis e imóveis, chegando a quase R$ 6 milhões de reais. 

Hoje mais um bloqueio atinge Soliney, por falta de prestação de contas dos recursos da Obra do Sistema de Captação e Distribuição D’água a Justiça decretou bloqueio de quase R$ 3 milhões de reais do ex-prefeito, e de mais de R$ 6 milhões da empresa Hidrotec, que assumiu a obra durante a gestão do ex-prefeito. 

Soliney embargou a obra assim que chegou ao comando do município, tendo encerrado o contrato da empresa responsável pelo empreendimento, a Jurema, e chamado uma outra, a Hidrotec, mais alinhada aos seus interesses. Cabe lembrar, que já tratamos aqui nesse blog da maracutaia envolvendo essa empresa e o ex-prefeito, que pagou para Hidrotec mais de R$ 550 mil reais após 07 dias de contrato assinado. 

Com mais esse bloqueio, a Justiça identifica outro grande rombo deixado na Prefeitura de Coelho Neto pelo ex-prefeito, em uma soma que já vai em quase R$ 9 milhões de reais. 

É muito dinheiro desviado, e um grande prejuízo para a população!