terça-feira, 22 de janeiro de 2019

É namoro ou não é?


Após postagem veiculada ontem, segunda-feira (21/01), pelo Blog Observatório dos Cocais em que foi abordada a difícil situação do ex-prefeito Soliney Silva (MDB) junto ao Poder Judiciário, alguns personagens políticos de Coelho Neto entraram em contato para falar sobre a movimentação em torno da próxima eleição municipal. 

Todos foram unânimes ao dizer que Soliney hoje é figura fora do baralho, sendo muito remotas suas chances de ser candidato em 2020, principalmente porque a liminar que hoje sustenta seus direito políticos deve ser caçada até a final do ano. Somado a isso, existe o fato de o ex-prefeito ter deixado a cidade em situação de calamidade, com salários do funcionalismo público atrasado, o lixo acumulado nas ruas e fechado diversos equipamentos de saúde.

Alguns disseram que o próprio Soliney está ciente que suas chances de emplacar uma candidatura são mínimas, tanto é que já tem buscado nos bastidores costurar acordos que possam lhe dar alguma sobrevida, e para isso tem tentado articular um de seus filhos para a vaga de vice em uma chapa de oposição encabeçada pelo empresário Luís Serra (PSDB), que seria na visão do ex-prefeito o candidato ideal para enfrentar o prefeito Américo de Sousa (PT) nas urnas. 

Pensando nisso, Soliney tenta a todo custo dialogar com Luís Serra, já mandou diversos emissários até o empresário e chamou aliados próximos a Luís Serra para conversar. No entando, o empresário tem rejeitado qualquer tipo de aproximação com o ex-mandatário Coelhonetense. 

Ao tentar se aproximar de Luís Serra, Soliney ignora dois fatos. O primeiro, é a série de ataques que fez contra o empresário durante as eleições de 2016. Diversas foram as ofensas proferidas em palanque pelo ex-prefeito contra o então candidato tucano, e que foram amplamente repercutidas nas redes sociais, e algo assim ninguém esquece, principalmente a vítima. E nesses tempos de internet, alguém sempre tem “salvo” áudios e vídeos dessas “coisas” em alguma lugar. 

O segundo ponto, é que Luís Serra hoje está completamente afastado das discussões políticas, não aceitando sequer conversar sobre o assunto com outras pessoas. A prova disso, é que durante as últimas eleições gerais ele rejeitou sucessivos convites para envolver-se no pleito e ir às ruas pedir votos. Conhecido por ser firme em sua palavras, Luís Serra tem dito que não pretende disputar e envolver-se em eleições nunca mais. 

Claro que em política nada dura muito tempo, e amanhã Luís Serra pode mudar de ideia quanto a ser ou não candidato, pode até mesmo surgir abraçado em uma foto com Soliney e um largo sorriso no rosto, tudo é possível e tudo pode acontecer, afinal ninguém é de pedra e até estas mudam com o tempo. 

Contudo, a população nunca esquece, e um acordo entre os dois pode não ser muito bem visto e até virar piada.